20/03/09

Pitos......



No dia de Santa Luzia, em Vila Real, diz a tradição que as raparigas devem oferecer o pito aos rapazes , para que eles no dia 3 de Fevereiro, dedicado na liturgia, a São Brás, retribuam com a oferta da gancha (rebuçado em forma de báculo bispal).
Para os mais maldosos refiro que o pito não é o que estão a pensar, mas sim um bolo com um recheio a que chamam doce de calondro.

Como é difícil resistir a um pito, deixo esta receita que encontrei numa descrição da Santa Luzia.
É fácil experimentar e tenho a certeza que a vosso pito vai ser muito apreciado.

Receita

Ingredientes
Massa: Farinha; sal; água; ovos
Recheio: Abóbora; açúcar; canela

Preparação
Num alguidar mistura-se a farinha, os ovos, o sal e a água até obter uma massa consistente. Forma-se uma bola com a massa, polvilha-se com farinha e deixa-se a massa a descansar.
Durante o tempo de espera prepara-se o recheio. Coze-se a abóbora passando-a pelo “passe-vite”. A este puré são adicionados o açúcar e a canela.
Estende-se a massa com o rolo e cortam-se quadrados de massa, colocando-se no centro destes uma colher de recheio. Juntam-se os cantos do quadrado de massa formando uma trouxinha. Levam-se ao forno num tabuleiro polvilhado com farinha.

4 comentários:

Manuel disse...

Nesta quero ser o primeiro a provar...Ummmmm.... que delicia.....

AnaT disse...

ahahaha Guloso!

Telma Ramos disse...

Seu malandro! E precisa que alguém escreva uma Receita para tomar coragem e escrever logo outra né!? :)Se são Pitos ou não não sei mas que tudo o que leve canela é bom é :)

Manuel disse...

A receita é conventual e se são pitos é por que uma freira assim lhes chamou. Ela é que é malandra.